FoodLoop

O FoodLoop é um concurso que procura ideias e projetos que contribuam para a mudança do sistema alimentar da cidade do Porto, tirando melhor partido dos alimentos e promovendo uma economia com menos desperdício alimentar, com menos resíduos, mais sustentável e saudável.

O desperdício alimentar não
tem de ser o prato do dia.

Em Portugal são desperdiçados cerca de 1 milhão de toneladas de alimentos por ano, o que significa cerca de 100 kg por pessoa (em média). O desperdício alimentar é um problema transversal, com impactos negativos no ambiente, na economia e na sociedade e que exige soluções inovadoras, criativas e persistentes.

O que procuramos

As ideias/projetos apresentados a concurso devem focar-se
em um ou vários dos seguintes temas:

Produção local e ecológica

Produção de alimentos que integre o envolvimento social e/ou contribua para a economia circular.

Distribuição de alimentos

Distribuição de alimentos ou sobras alimentares com foco na redução do desperdício.

Hábitos de Consumo

Alteração de hábitos de consumo de forma a fomentar práticas sustentáveis e saudáveis.

Resíduos alimentares e/ou de jardinagem

Redução, recuperação, reutilização, redistribuição e/ou compostagem de resíduos alimentares e/ou de jardinagem.

Duração dos alimentos

Aumento do tempo de fim-de-vida dos alimentos de forma a contribuir para acelerar a transição para uma economia circular no município do Porto.

Ecossistemas Industriais e Naturais

Regeneração e melhoramento dos ecossistemas industriais e naturais através da recuperação e reaproveitamento de matérias-primas alimentares.

O FoodLoop visa estimular e apoiar a apresentação e o desenvolvimento de ideias/projetos focados na prevenção de desperdício de alimentos e redução dos resíduos orgânicos, baseados nos princípios da economia circular. As ideias/projetos devem contribuir para acelerar a transição para uma economia circular, com especial foco no sector social e do turismo, contribuindo para a mudança do sistema alimentar no Porto.

Este concurso procura ideias/projetos com impacte em toda a cadeia de valor dos alimentos, incluindo: a produção, a distribuição, o transporte, a fase de consumo, o fim-de-vida, os resíduos alimentares e orgânicos e a sua valorização.

Fases do FoodLoop

1ª Fase

Candidaturas

As candidaturas devem ser submetidas até 21 de janeiro (23:59) de 2022.

2ª Fase

Bootcamp

As 20 melhores ideias apresentadas vão participar num Bootcamp para transformar a ideia num projeto piloto.

3ª Fase

Mentoria

Os 5 projetos premiados irão participar numa Mentoria de 6 meses para identificarem fontes de financiamento, parcerias para desenvolvimento do piloto e frequentar masterclasses específicas.

O desperdício alimentar não tem que ser o prato do dia.

Juntos vamos contribuir para uma economia circular ao reduzir o desperdício alimentar do município do Porto.

FAQs

AVISO: A leitura das FAQs não dispensa a leitura do Programa de Concurso do FoodLoop, que deverá ser sempre consultado de forma integral AQUI

O que é o FoodLoop?

O FoodLoop é um concurso de ideias, promovido pela Câmara do Municipal do Porto, que pretende contribuir para a mudança do sistema alimentar do Município e, em simultâneo, acelerar a transição para uma economia circular.

Qual a temática do FoodLoop?

O FoodLoop pretende receber ideias/projetos que incidam em toda a cadeia de valor dos alimentos incluindo: a produção, a distribuição, o transporte, a fase de consumo, o fim-de-vida, os resíduos alimentares e orgânicos produzidos e a sua valorização. Procura também ideias/projetos que apliquem os princípios da Economia Circular como base dos seus modelos de negócio e/ou produtos. O FoodLoop valoriza ideias/projetos que consigam trazem um impacte positivo no sector social e do turismo do Porto.
As ideias/projetos apresentados a concurso devem focar-se em um ou vários dos seguintes temas:

  • Produção local e ecológica de alimentos que integre o envolvimento social e/ou contribua para a economia circular;
  • Distribuição de alimentos ou sobras alimentares;
  • Alteração dos hábitos de consumo de forma a fomentar práticas sustentáveis e saudáveis;
  • Prevenção, redução, recuperação, reutilização, redistribuição e/ou compostagem de resíduos alimentares e/ou de jardinagem;
  • Aumento do tempo de fim-de-vida dos alimentos;
  • Regeneração e melhoramento dos ecossistemas industriais e naturais através da recuperação e reaproveitamento de matérias-primas alimentares.

Nota: Os temas das candidaturas devem estar enquadrados no âmbito e objetivos do concurso, ou seja, aplicados ao sistema alimentar.

Quais os objetivos do concurso

O FoodLoop pretende:

  • Estimular a criação, desenvolvimento e/ou crescimento de iniciativas inovadoras de economia circular de elevado potencial de impacto positivo, promovendo a sua formação e implantação;
  • Dinamizar a prática de redução de produção de resíduos, recuperação e reutilização de alimentos e reciclagem/compostagem de resíduos alimentares e/ou restos de jardinagem;
  • Promover a análise e implementação de práticas circulares, sustentáveis e saudáveis em empresas, organismos públicos e organizações da sociedade civil;
  • Fortalecer a economia local e social e ambientalmente responsável;
  • Promover e criar colaborações entre iniciativas/entidades/empresas já existentes e os participantes do concurso, de maneira a dinamizar simbioses e cooperações mútuas de forma a desenvolver as ideias/projetos.
Quais as fases do concurso?

1ª fase: Candidaturas

  • Durante esta fase, todos os interessados devem submeter as suas candidaturas através da página do FoodLoop até 21 de janeiro (23:59) de 2022.
  • Será analisada a elegibilidade de todas as candidaturas submetidas, sendo que apenas serão objeto de avaliação as candidaturas que respeitarem os parâmetros previstos no artigo 6.º, n.º2 do Programa de Concurso.

2ª fase: Bootcamp

  • Esta fase é direcionada às 20 melhores ideias/projetos apresentados a concurso, que após serem selecionadas pelo júri do concurso, poderão desenvolver o seu projeto com o apoio da equipa do FoodLoop.
  • Durante um período de 3 dias, os candidatos selecionados serão apoiados na identificação do problema específico, entendimento do impacto, desenvolvimento da solução, estudo de viabilidade e desenho e/ou melhoria de um projeto piloto.

3ª fase: Mentoria

  • Após a avaliação dos 20 projetos apresentados no final da 2ª fase, o júri elegerá os 5 com maior potencial, que serão premiados através de convite a integrar a fase de Mentoria do FoodLoop.
  • A Mentoria decorre durante 6 meses, para identificarem fontes de financiamento, parcerias para desenvolvimento do piloto e frequentar masterclasses específicas.
Quem pode candidatar-se?

O FoodLoop destina-se a:

  1. Pessoas singulares ou coletivas, nacionais ou estrangeiras;
  2. Instituições de ensino superior e de investigação, alunos ou investigadores;
  3. Sector empresarial, incluindo empresários em nome individual;
  4. Associações sem fins lucrativos;
  5. Instituições sociais e organizações (ambientais, culturais ou outras);
  6. Outras entidades, incluindo particulares com interesse em desenvolver projetos no âmbito do concurso.
Ideias, mesmo sem estar muito desenvolvidas, são candidatáveis?

O FoodLoop é um concurso que se desenvolve em 3 fases diferentes, com o intuito de proporcionar aos autores das ideias a oportunidade de as desenvolverem, criar e/ou melhorar o seu modelo de negócio e/ou produto. Assim, tendo em conta a natureza do FoodLoop, ideias em fase embrionária são bem-vindas, desde que a candidatura consiga responder aos critérios de avaliação.

Como posso participar?

As candidaturas ao FoodLoop são processadas a partir do preenchimento do formulário de candidatura no site do concurso AQUI.
O preenchimento do formulário da candidatura implica a entrega de um pitch de apresentação da ideia/projeto.
O formulário deverá ser submetido até 21 de janeiro de 2021 (23:59).
Recomenda-se consultar o Programa do concurso para obter mais informação sobre como participar.

Como devo entregar os elementos da candidatura?

Os documentos de candidatura obrigatórios devem ser entregues através do formulário de candidatura, disponível no site do FoodLoop.
O pitch poderá ser submetido em formato vídeo, com duração máxima de 2 minutos, e/ou em formato de apresentação (ex. PowerPoint), com um máximo de 10 slides.
Recomenda-se consultar o Programa do concurso para obter mais informação sobre como constituir estes documentos.

Qual o prazo de candidatura?

As candidaturas ao FoodLoop estarão abertas entre 20 de setembro de 2021 e 21 de janeiro (23:59) de 2022.

Quais os critérios de avaliação dos projetos?

O júri é responsável pela definição dos critérios de avaliação das candidaturas, lavrados em ata e divulgados AQUI.
As ideias/projetos a concurso serão objeto de avaliação pelo júri em duas fases:

1ª fase: Avaliação de Candidaturas

  • As candidaturas serão analisadas previamente, para verificar a sua elegibilidade.
  • No caso de as candidaturas serem incorretamente instruídas, o júri poderá notificar os candidatos para, no prazo de 5 (cinco) dias úteis, prestarem os esclarecimentos ou apresentarem os documentos em falta, sob pena de exclusão da candidatura.
  • A seleção das ideias/projetos será realizada mediante avaliação do formulário de candidatura submetido a concurso e dos elementos que o acompanham (pitch), respeitando os critérios definidos pelo júri de acordo com o nº 1.
  • Os candidatos responsáveis pelas ideias/projetos selecionados nesta fase serão contactados pelo Município do Porto, através de mensagem de correio eletrónico. Devem manifestar o seu interesse na participação na fase seguinte, no prazo de 10 dias úteis, remetendo via correio eletrónico o formulário da declaração de interesse no BootCamp devidamente preenchido e assinado, sob pena de a candidatura ser desconsiderada.

2ª fase: Avaliação de projetos após o Bootcamp
Serão avaliados os desenvolvimentos alcançados que devem ser demonstrados com os seguintes elementos:

  1. Informação adicional que complete os elementos exigidos nos critérios de avaliação;
  2. Apresentação detalhada das etapas a atingir pelo projeto piloto, com respetivo cronograma de ações a desenvolver e indicação dos recursos necessários por ação (humanos, financeiros, equipamentos e/ou outros);
  3. Modelo de negócio da ideia/projeto (se aplicável).
Qual é o prémio?

O prémio a atribuir aos cinco projetos finais vencedores corresponde à participação na 3ª fase do FoodLoop (Mentoria), que permitirá aos candidatos desenvolver um plano de negócios, identificar possibilidades de financiamento, promover trocas de contactos entre potenciais parceiros para cada projeto e frequentar masterclasses específicas.

Como são atribuídos os prémios?

A decisão sobre a entrega dos prémios será tomada pelo júri do concurso.

A decisão do júri é tomada segundo os critérios de avaliação definidos em reunião e que constam AQUI.

Aproveita esta oportunidade para tornar a tua ideia ou projeto em realidade. Juntos vamos contribuir para uma economia circular ao reduzir o desperdício alimentar no município do Porto.